Strict Standards: Non-static method Protector::get_bad_ips() should not be called statically in /home/suportep/xoops_trust/modules/protector/include/precheck.inc.php on line 26

Strict Standards: Non-static method Protector::getInstance() should not be called statically in /home/suportep/xoops_trust/modules/protector/include/precheck.inc.php on line 39

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/include/common.php on line 109

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228

Strict Standards: Non-static method XoopsLogger::instance() should not be called statically in /home/suportep/public_html/class/logger.php on line 228
- - SUPORTE POSTOS
 
Institucional

Agência Nacional do Petróleo

Ministério do Meio Ambiente

 : 

A Petrobras batizou nesta terça-feira a plataforma P-54, construída a partir da conversão do navio Barão de Mauá, em Niterói, no Rio de Janeiro. A plataforma tem capacidade para processar 180 mil barris/dia de petróleo, comprimir 6 milhões de m3 de gás e estocar até 2 milhões de barris.



De acordo com a companhia, a obra custou US$ 900 milhões e gerou 2,6 mil empregos diretos e 10 mil indiretos. A unidade, do tipo FPSO (Floating, Production, Storage and Offloading), é a segunda construída pela Petrobras com os novos índices de nacionalização. A primeira foi a P-52, batizada em junho deste ano e, atualmente, em fase final de testes para a saída para a Bacia de Campos.
 
As P-52 e P-54 integram o programa de desenvolvimento do Campo de Roncador, na Bacia de Campos (RJ) e, ao atingirem o pico de atividade, acrescentarão 360 mil barris/dia à produção da Petrobras.  Para manter a sustentabilidade da auto-suficiência a empresa prevê investimentos de R$ 81 bilhões até 2010. A P-54 faz parte desta carteira de projetos.
 
 O escoamento da produção de petróleo será feito por navios aliviadores e a exportação de gás natural, via dutos submarinos. A unidade, considerada estratégica para manutenção da auto-suficiência, ficará ancorada a 1.400 m e será  interligada a 17 poços (11 produtores de óleo e gás e 6 injetores de água).  O início da operação está previsto para outubro deste ano.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
06/05/2014 16:04:30 -
06/05/2014 15:58:48 - Consumo de Etanol cai 24%
06/05/2014 15:57:40 -
06/05/2014 15:55:22 -
03/02/2014 15:19:45 - Para reduzir gastos, Petrobras terceiriza parte das refinarias no Nordeste



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Pesquisa

Pesquisa avançada
Fique por dentro

Clique aqui e assine nosso Feed !!!

Digite o seu e-mail:

Entrar
Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.
WebMail


Para acessar seu Webmail escolha a terminação de seu e-mail:

suportepostos.com.br